11 de setembro de 2018 –

As 10 áreas de conhecimento da gestão de projetos

Os 49 processos de gerenciamento identificados no Guia PMBOK® são também agrupados em 10 áreas de conhecimento distintas.

Mas o que são áreas de conhecimento? São campos ou áreas de especialização que costumam ser aplicadas ao gerenciar projetos. Uma área de conhecimento é um conjunto de processos associados com um tema específico em gerenciamento de projetos. Essas 10 áreas de conhecimento são usadas na maior parte dos projetos, na maioria das vezes. As necessidades de um projeto específico podem requerer áreas de conhecimento adicionais. Veja quais são elas:

1) Gerenciamento da integração do projeto

Inclui os processos e atividades para identificar, definir, combinar, unificar e coordenar os vários processos e atividades de gerenciamento de projeto. Inclui fazer escolhas entre alocação de recursos, balanceamento de demandas concorrentes, exame de abordagens alternativas, adaptação de processos e gerenciamento de interdependências. É a única área de conhecimento que perpassa todos os grupos de processos.

2) Gerenciamento do escopo do projeto

Inclui os processos necessários para assegurar que o projeto inclua todo o trabalho necessário, e apenas o necessário, para terminar o projeto com sucesso. O gerenciamento do escopo do projeto está relacionado principalmente com definir e controlar o que está e o que não está incluído no projeto.

  • Escopo do Produto: características ou funções que descrevem um produto, serviço ou resultado.
  • Escopo do Projeto: o trabalho que precisa ser realizado para entregar um produto, serviço ou resultado com as características e funções especificadas.

3) Gerenciamento do cronograma do projeto

Inclui os processos necessários para gerenciar o término pontual do projeto: os métodos e processos de desenvolvimento de cronograma, desde seu gerenciamento, definição de atividades, seu sequenciamento, a duração dessas e controle do tempo do projeto.

4) Gerenciamento dos custos do projeto

Inclui os processos usados em planejamento, estimativa, orçamento, financiamento, gerenciamento e controle dos custos, para que o projeto possa ser realizado dentro do orçamento aprovado.

5) Gerenciamento da qualidade do projeto

Inclui os processos para incorporação da política de qualidade da organização com relação ao planejamento, gerenciamento e controle dos requisitos de qualidade do projeto e do produto para atender os objetivos das partes interessadas. Oferece suporte às atividades de melhoria contínua de processos quando realizadas em nome da organização executante.

6) Gerenciamento dos recursos do projeto

Inclui os processos para identificar, adquirir e gerenciar os recursos necessários para a conclusão bem-sucedida do projeto. Esses processos ajudam a garantir que os recursos certos estarão disponíveis para o gerente do projeto e a sua equipe na hora e no lugar certos.

7) Gerenciamento das comunicações do projeto

Inclui os processos necessários para garantir que as necessidades de informações do projeto e de suas partes interessadas sejam satisfeitas, com o desenvolvimento de artefatos e a implementação de atividades projetadas para realizar a troca eficaz de informações. Consiste em duas partes:

  1. Desenvolver uma estratégia para garantir que a comunicação seja eficaz para as partes interessadas.
  2. Realizar as atividades necessárias para implementar a estratégia de comunicação.

8) Gerenciamento dos riscos do projeto

Inclui os processos de condução do planejamento, da identificação, da análise, do planejamento das respostas, da implementação das respostas e do monitoramento dos riscos em um projeto. Tem por objetivo aumentar a probabilidade e/ou o impacto dos riscos positivos e diminuir a probabilidade e/ou o impacto dos riscos negativos, a fim de otimizar as chances de sucesso do projeto.

9) Gerenciamento das aquisições do projeto

Inclui os processos necessários para comprar ou adquirir produtos, serviços ou resultados externos à equipe do projeto. Inclui os processos de gerenciamento e controle necessários para desenvolver e administrar acordos como contratos, pedidos de compra, memorandos de entendimento (MOAs) ou acordos de nível de serviço (ANSs) internos.

10) Gerenciamento das partes interessadas do projeto

Inclui os processos exigidos para identificar todas as pessoas, grupos ou organizações que podem impactar ou serem impactados pelo projeto. Inclui analisar as expectativas das partes interessadas, avaliar o grau em que afetam ou são afetadas pelo projeto, e desenvolver estratégias para envolver com eficácia as partes interessadas em apoio a decisões, ao planejamento e à execução do trabalho do projeto.

A satisfação das partes interessadas é objetivo essencial do projeto!

Escola Gemba

Artigos Relacionados

03/09/2017 –

O Gerente de Projetos é o profissional responsável pelo planejamento, execução e acompanhamento de um projeto e que precisa possuir…

Escola Gemba

Próximos Cursos

Somos o primeiro Centro de Excelência em Lean & Six Sigma do Brasil. Contamos com um portfólio de mais de 200 treinamentos, em 8 áreas de atuação para você que quer dar uma impulsionada na sua carreira! Confira.

DESIGN THINKING

18/09/2018

16hs

08h às 17hs

REDESENHANDO PROCESSOS E SERVIÇOS PARA MELHOR PERFORMANCE

MAIS INFORMAÇÕES

FORMAÇÃO SIX SIGMA YELLOW BELT

18/09/2018

16hs

08h às 17hs

Neste programa de formação a nível YELLOW BELT será apresentado noções básicas sobre a filosofia Lean Six Sigma.

MAIS INFORMAÇÕES

GESTÃO E LIDERANÇA DE PESSOAS E PROCESSOS

20/09/2018

8hs

08h às 17hs

O curso proporcionará a combinação entre teoria, exercícios e dinâmicas em grupo, focada em desenvolver o novo papel do líder.

MAIS INFORMAÇÕES